Evento

1st International Meeting of Advances in Animal Science

VER DETALHES

The 1st International Meeting of Advances in Animal Science (IMAS) is a major event dedicated to celebrate the 40th anniversary of the Graduate Program in Animal Science and to deliver stimulating content and lively debates around relevant themes. The meeting will be held between 08 and 10 June, in 2016, in Jaboticabal – São Paulo and it is expected to be one of the best opportunities for everyone from leading scientists to young researchers. The event brings together over fifty leading speakers, professionals from public institutions and industries, and young researchers. There are six themes running through the symposia simultaneously. They are: Ruminant Nutrition Non- Ruminant Nutrition Birds and Mammals Physiology Animal Breeding and Genetics Biometereology, Ambience and Animal Welfare Forages The meeting will: Present the latest advances in animal science Stimulate and provoke public interest about advances in animal science Promote dialogue on the internationalisation of knowledge generated in Brazil Engage participants with global partners and perspectives Join us to find out more about how science is helping us shape the future.

Data Local
08/06/2016 a 10/06/2016 Jaboticabal/SP

Seminário e Mostra Tecnológica: dengue, zika e chikungunya

VER DETALHES

Evento sobre epidemia de dengue, zika e chikungunya Unesp promove discussões de 12 a 14 de abril em Ribeirão Preto, SP [04/02/2016] Enfrentamento ao Aedes aegypti será tema de evento realizado pela Unesp. Com objetivo de fomentar a discussão sobre a integração entre saúde pública, privada e suplementar no enfrentamento ao mosquito, evento acontecerá entre os dias 12 e 14 de abril Em 2015, o mosquito de nome cientifico Aedes aegypti ganhou destaque e causou um verdadeiro surto no País. Na televisão, nos jornais, nas ruas, em campanhas governamentais, dentro das residências e nas alas hospitalares. Em alguns lugares do mundo, o Aedes aegypti é conhecido como mosquito da febre amarela. No Brasil, costumava ser conhecido como mosquito da dengue, e mais recentemente foi identificado também como o vetor da zika e da chikungunya. Tendo em comum o transmissor, as três doenças deixaram todo o país em estado de alerta. Foi necessário colocar as Forças Armadas à disposição do Estado para ajudar na prevenção das doenças e na conscientização da população local, em alguns estados do Nordeste. Com os recentes casos do vírus zika - uma doença com sintomas semelhantes aos da dengue, em curso desde o meio do ano passado - assombrando o país, os governos municipais, estaduais e federal montaram uma operação de guerra contra o mosquito. E os números também assustam. De acordo com dados do Ministério da Saúde, foram identificados 1,5 milhão de casos de dengue no país de janeiro à novembro de 2015. Isso equivale, aproximadamente, ao número total de habitantes da cidade de Recife ou do estado do Tocantins. Com o objetivo de transferir conhecimento e difundir tecnologias que possam contribuir para a prevenção destas doenças transmitidas pelo mosquito e de mortes, a Unesp - Universidade Estadual Paulista realizará entre os dias 12 e 14 de abril, no Centro de Convenções de Ribeirão Preto, SP, o evento "Enfrentamento do Aedes aegypti e da epidemia de Dengue, Zika e Chikungunya: Ciência, Tecnologia, Inovação e Políticas Públicas". Segundo o presidente da Fundunesp, Edivaldo Domingues Velini, é fundamental desenvolver ações para integrar instituições e agentes envolvidos no manejo das populações de mosquitos e das doenças a elas associadas. "O enfrentamento ao mosquito e à tríplice epidemia é uma competência de todas as esferas administrativas e, muitas vezes, os conhecimentos existentes não alcançam os gestores dos serviços municipais”, comenta Velini. Neste cenário, Velini esclarece que o intuito é de criar um espaço para difundir as tecnologias e os conhecimentos relacionados ao tema, tendo como principal público alvo os secretários municipais de saúde. Serão abordados temas como histórico da doença, epidemiologia, modelo atual de prevenção, além de fomentar a discussão sobre a integração entre saúde pública, privada e suplementar no enfrentamento da dengue. O objetivo é reunir fundamentos científicos e tecnológicos para enfrentar a dengue em um cenário de tríplice epidemia. Fonte: Assessoria de Comunicação e Imprensa da UNESP http://www.unesp.br/portal#!/noticia/20776/evento-sobre-epidemia-de-dengue-zika-e-chikungunya/

Data Local
12/04/2016 a 14/04/2016 Ribeirão Preto/SP

XXV SEMANA DA EDUCAÇÃO E PEDAGOGIA

VER DETALHES

FORMAÇÃO E ATUAÇÃO DOS PROFESSORES NA ESCOLA PÚBLICA 08 a 11 de Dezembro/15 Rua Roberto Simonsen, 305 Presidente Prudente – SP Objetivos Objetivo geral: Refletir sobre a formação de professores para Educação Infantil e para os Anos Iniciais do ensino fundamental e seu espaço de atuação profissional. Objetivos Específicos: a)Valorizar a importância dos profissionais formados no curso de Pedagogia no contexto educacional atual; b) Refletir criticamente sobre desafios e relações da formação e atuação dos profissionais; c)Integrar a graduação, pós-graduação e os sistemas de ensino; d) Refletir perspectivas para o desenvolvimento de uma atuação com qualidade na escola pública atual; e) Socializar e discutir as pesquisas desenvolvidas na FCT/UNESP e comunidade externa.

Data Local
08/12/2015 a 11/12/2015 Presidente Prudente/SP
Exibindo 10-12 de 19 resultados.